29/05/2012 18:53

Lita Ford: “Eu adoraria voltar às Runaways”

Author: NachoBelgrande

Em entrevista ao site METAL UNDERGROUND, a vocalista e guitarrista LITA FORD, integrante do alumni das RUNAWAYS, declarou-se a favor de voltar a trabalhar com as outras antigas integrantes da que talvez seja a primeira grande ‘all-girl band’ da história.

Indagada sobre sua posição quanto ao assunto, Lita disse:

Bem, eu toparia se fossem as Runaways. Há todos os tipos de formação que você possa imaginar e todo tipo de músicos maravilhosos. Infelizmente, Sandy não está mais conosco, e ela era uma grande parte da banda. Eu não sei se Joan Jett toparia voltar à banda sem Sandy. Eu toparia, eu amo Sandy e ninguém jamais poderá substituí-la, mas ainda temos a mim, Joan e Cherie. As Runaways tiveram algumas outras baixistas e ambas foram ótimas. Eu adoraria fazer algo com as Runaways de novo, talvez ano que vem, 2013 seria uma boa época.

Um vídeo desconcertante acaba de ser postado no site oficial da semidefunta gravadora Roadrunner Records. O post mostra DJ Sid Wilson do SLIPKNOT riscando o vinil ao som de uma versão remixada de dois clássicos da banda, ‘Surfacing’ e ‘People = Shit’. Nenhuma explicação foi dada pela Roadrunner ou pelo Slipknot, deixando os fãs curiosos quanto à natureza do que parece ser um lançamento marcado pra julho.

O vídeo de três minutos é intitulado simplesmente de ‘Slipknot: #0 – Antennas To Hell. ’. O número 0 é referência o dígito de Wilson na banda, mas não há informação sobre ao que ‘Antennas To Hell’ ilustra. Postado na manhã de hoje, a descrição do vídeo só traz uma vaga epístola: “O Slipknot lançou o vídeo acima. Mais informação por vir.

Seria possível que Wilson estivesse criando um álbum de remixes do Slipknot? Essa versão ‘picada’ de ‘Surfacing’ e ‘People = Shit’ é uma mixagem frenética e dinâmica, que rebate partes de uma faixa contra as de outra. O próprio vídeo mostra algumas das performances mais ousadas de Wilson, com stage dives insanos, ateando fogo a si mesmo e até tentando dar uma sova em alguém da plateia.

No clímax do vídeo, uma mensagem diz, “Antennas To Hell 07.17.12.”

Como diz a descrição do vídeo, maiores informações por vir…

O líder-fundador do MOTORHEAD, LEMMY, é talvez a única pessoa do rock que se expressa livremente sem necessidade alguma de agradar a ninguém – e isso inclui aos fãs de Metal com a mentalidade de uma china de 12 anos que só fazem reclamar.

No vídeo abaixo, o antigo baixista do Hawkwind declara-se sobre os ‘Saints of Los Angeles’, o MÖTLEY CRÜE, e manda:

Eu sempre gostei do Mötley Crüe. Eu achava que eles eram… porque eles eram muito fodões e mais fodões do que muitas daquelas bandas de Metal. Só que eles pareciam mulheres durante metade do tempo”.

16/04/2012 15:57

Vince Neil: Vocal toma tombo no palco de seu lupanar

Author: NachoBelgrande

As coisas tendem a dar certo para VINCE NEIL. O músico disse algo do tipo no lendário episódio do Behind The Music, do canal VH1, e ao curso do último fim de semana, o roqueiro mais uma vez mostrou sua casca-grossa, quicando de volta do que poderia ter sido uma embaraçosa queda no palco.

O tropeço veio enquanto Neil cantava ‘Girls Girls Girls’ em seu recém-inaugurado strip club do mesmo nome, em Las Vegas. O vocalista de 51 anos calculou mal um pulo do palco para uma plataforma, e apesar de ter escorregado, ele fez com que tudo parecesse uma manobra friamente calculada, se arrastando pra frente do palco com uma tropa de damas avias por sua atenção.

É  clássico momento ‘de limões para limonada’. Assista ao vídeo clicando AQUI.

14/04/2012 18:01

Megadeth: A bizarra contratação de Marty Friedman

Author: NachoBelgrande

Mais uma de Dave Mustaine! OK, talvez nem tanto, mas ainda é algo pra se registrar. Nós todos temos acompanhado os ataques de Mustaine recentemente, sejam relativos a seu apoio a Rick Santorum, ser contra o casamento entre fãs de Bon Jovi, mandar as mulheres africanas enfiarem um plugue em seus sexos, ou a revelação de que Barack Obama não teria nascido nos EUA.

Algumas semanas atrás, começaram as especulações na internet sobre quem seria a próxima vítima da verborragia de Dave Mustaine. Axl Rosenberg do site MetalSucks apostou que seriam os judeus, e pronto, lá vem Mustaine falar merda sobre os judeus, mais especificamente um judeu, Marty Friedman

Na última edição da revista estadunidense especializada em Metal, a DECIBEL MAGAZINE, eles celebram a introdução do fantástico ‘Rust In Peace’ do Megadeth no Decibel Hall of Fame, e entrevistam todas as pessoas que tocaram no disco. Quando se discutiu a adesão do virtuoso da guitarra Marty Friedman, ele fez uma crítica:

Eu me lembro de conversar com meu empresário e dizer, ‘Esse é o cara. Mas o nome dele é Friedman. Não é um nome muito metal. A gente consegue fazer com que ele mude o nome dele? Um pseudônimo? ’ Meu empresário disse, ‘Bem, ele já é um guitarrista estabelecido’. Bem, daí eu fui pra sala e disse a ele que ele estava contratado, mas que ele tinha que arrumar o cabelo e comprar umas roupas novas, de modo que ele não parecesse um mendigo”.

O mais bizarro de tudo isso é que Mustaine é tecnicamente judeu, já que sua mãe era judia, apesar dele ter sido criado como Testemunha de Jeová.